Bem-vindos ao meu espaço...


Acerca de mim

A minha foto
Apenas eu... a liberdade de ser eu própria a loucura de poder correr, saltar, brincar vivendo um dia como se fosse uma Vida inteira a rebeldia, selvagem, livre, de viver a Vida com toda a fantasia desprendida de rédeas, limites ou barreiras e solta correr livremente com toda a força que me é permitida... Fotografia - aquilo que sinto!

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Os olhos da Alma!

As janelas da vida estão abertas para amores, decepções...
Para pessoas que não sabemos se são certas na hora de amar, compreensivas na hora de ajudar, sinceras na hora de conversar, verdadeiras na hora de desejar, aconchegantes como as noites de luar, firmes como o chão que queremos pisar, sensíveis como a melodia que insiste em nos tocar, inconstantes na hora de caminhar.
Como saberemos então se as pessoas que encontramos são certas ou erradas?
Nunca saberemos...
O essencial é amar, amar muito, amar sempre e ver com os olhos da alma...

4 comentários:

JOSÉ NEVES disse...

Fabulosa esta tua maneira de ver com os olhos da alma, sem dúvida um texto lindíssimo e bem verdadeiro acompanhado por uma grande composição fotográfia.

Sinceros parabéns, um beijinho com amizade.

Marisa disse...

Um verdadeiro balsamo para a alma este conjunto de foto e palavras :)

Felizes disse...

Uma maneira de ver prenha de motivos em harmonia. Muito bem.


Pena a dimensão dos teus "olhares" não permitirem apreciar as belezas que os teus olhos vêm.

Nuno de Sousa disse...

Maravilhosa esta tua imegam Ana. Um texto digno de ti. Bjs